sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Dentes

     Dente é uma estrutura dura, saliente e esbranquiçada composta por polpa, dentina e esmalte que é implantada no maxilar e na mandíbula (ou arcada dentária no ser humano) de muitos vertebrados[1]. É usado primariamente para a trituração de alimentos, preparando-as para serem deglutidas.
     Dentes decíduos: entre os 7 e os 26 meses de vida começam a aparecer os processos alveolares os dentes decíduos que serão substituídos pelos dentes permanentes a partir dos 7 anos de idade. Os dentes decíduos desempenham funçoes fisíológivcas e biológicas. As funções fisiológicas correspondem a: mastigação; formação de uma linha e de um plano de oclusão; manutenção da dimensão vertical; início da fonação; manutenção do espaço necessário à correta erupção dos dentes permanentes. E as funções biológicas são: relação das proximidades com os dentes permanentes; atuação no processo de erupção dos dentes permanentes; ação estimulante no crescimento da maxila e mandíbula.
     Existem algumas diferenças entre os dentes decíduos e os permanentes: os dentes decíduos são em número de 20, enquanto os permanentes são de 32; a dentição permanente é composta por 4 grupos de dentes, enquanto a decícua 3, pois nao possui pré-molares; na dentição permanente, o tamanho dos molares é decrecente, enquanto na dentição decídua, o tamanho dos molares é crescente; os dentes decíduos têm menor calcificação do que os permanentes, por isso são mais brancos, enquanto os permanentes são mais amarelados; os dentes decíduos são menores que os permanentes; as coroas dos decíduos são mais baixas e largas; os esmalte no dente decíduos é mais delgado do que no permanente; as raízes, nos decíduos, são mais divergentes do que nos permanentes.
     Dentes permanentes: os dentes permanentes são em número de 32, divididos em quatro grupos: incisivos, caninos, pré-molares e molares.
     Os incisivos ocupam a parte anterior do arco dental e são os primeiros a entrar em contato com os alimentos; juntamente com os lábios, realizam a função de preensão.
     Os caninos situam-se imediatamente atrás dos incisivos laterais e caracterizam-se por terem margem incisal com duas vertentes que determinam um vértice.
     Os pré-molares situam-se atrás dos caninos e destinam-se a triturar o alimento mediante o encontro da superfície inferior com a superior.
     Os molares são os maiores dentes do arco dental. Sua ação é semelhante à dos pré-molares, mas, devido à maior complexidade de sua superfície triturante, sua eficiência mastigatória é maior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário